Meus professores... Mestres de vida...

0 comentários

Aprendi tanto com meus professores e professoras, tanto mesmo que não deu pra contabilizar ao longo do tempo, dos dias e dos anos, o que foi sendo semeado, cultivado, brotado... Lembro bem do primeiro dia: estranheza, lágrimas, quase “desespero” diante de um universo desconhecido. Os primeiros dias na escola parecem mesmo com o dia que saímos do útero e chegamos à vida: desprendimento de uma segurança, do casulo, para que se possa ver a vida por outro ângulo, aprender, crescer, evoluir... Um longo caminho de tantas descobertas! Um percurso que não se faz sozinho, mas, indispensavelmente, acompanhado dos colegas alunos e principalmente dos “mestres do saber”, ou melhor, dos “mestres de vida”. Estes são de fato entusiastas. Acreditam sempre em nós e nos ajudam a fazer uma leitura de cada coisa boa que se vive, mas também dos erros, das “notas vermelhas”, e até de algumas de nossas ações ríspidas no trato com eles e os colegas. Professores: mestres de vida! Não há outra definição que mais os traduza como portadores da nobre missão de educadores.  Faço memória de que no início não tinha ideia de como aquelas letrinhas do alfabeto, separadas em vogais e consoantes, como os números de 1 a 10, levar-me-iam a descobertas tão fascinantes e maravilhosas. Lembro bem ainda das muitas vezes que a professora precisou pegar em minha mão e me ajudar a escrever. Depois ela me dizia: "agora faça como lhe ensinei!" Diante dos meus medos e desconfianças das capacidades, escutei tantas vezes: “Você é inteligente! Vai conseguir!”. Com o passar dos anos foram também eles, os “mestres de vida”, que me ajudaram a assimilar os diversos significados da palavra “inteligência”: estudo, dedicação, concentração, mas, sobretudo, internalização do aprendido, sendo assim alicerce para a vida, ou seja, o saber transformado em valores. Esses “mestres da nossa vida” também passam, e devem passar, mas o que comunicam a nós de sublime e dignificante, os valores culturais e existenciais, isto não passa, permanece de alguma forma gerando talento, fortalecendo a esperança, construindo pessoas, transformando o mundo, eternizando a gratidão em nós. Deus abençoe a todos os professores e professoras, mestre de vida por excelência do nosso Brasil! Que Santa Teresa de Jesus interceda! 

Ant. Marcos

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Linhas e Reticências... | TNB